Meu Post Viralizou!



Você que é microempreendedor ou microempreendedora sabe que as redes sociais são algo necessário nos dias de hoje! Estar presente nas redes sociais e usá-las para divulgar seus produtos, divulgar sua empresa, divulgar seu propósito, divulgar seu diferencial é algo essencial. Mas se todo mundo está fazendo isso, como podemos nos destacar do restante?


Existem diversas técnicas, melhores práticas, recomendações para que você use as redes sociais da forma mais eficiente possível. Não vamos falar dessas técnicas aqui hoje pois são muitas e merecem um outro post.


Hoje queremos falar de um fenômeno que envolve a viralização de posts ou conteúdos. Quando seu post ou sua mensagem viraliza, é quase como que um milagre, é como encontrar o Santo Graal. Sim, é difícil viralizar algum post ou algum conteúdo, mas não é impossível.


Viralização é um termo que surgiu com o crescimento do número de usuários das redes sociais e blogs. A palavra é utilizada para designar os conteúdos que acabam ganhando repercussão gigantesca e muitas vezes inesperada, na internet.


Nesse post, vamos falar um pouco de como funciona isso de viralizar um conteúdo e dar alguns exemplos para que você possa utilizar no seu negócio. Entender isso é importante para um(a) microempreendedor(a), pois pode ajudar a melhorar na divulgação dos seus produtos e serviços e quem sabe tentar tornar o seu conteúdo um “conteúdo viral”.


A viralização se dá a partir de uma única pessoa compartilhando seus conteúdos, depois outras pessoas vão compartilhando e o conteúdo vai chegando cada vez mais longe, como uma bola de neve de curtidas e compartilhamentos. No livro “O ponto da virada”, de 2000, o analista social Malcolm Gladwell destaca que a viralização é um “momento mágico quando há uma ideia, uma tendência ou um comportamento social que cruza um limiar, dá uma virada e se espalha como fogo” Se propaga como um vírus, por isso o nome de “viralização”.


Uma dica para que seu conteúdo possa se tornar viral, é sobretudo uma boa divulgação dando preferência a pequenas propagandas com tom leve, quase humorístico, que chamem a atenção do público. Aqui, daremos dois exemplos de como isso foi feito.


Um dos exemplos é o caso da Nissan, famosa fabricante japonesa de automóveis, que viralizou em 2011 com seu comercial “pôneis malditos”, vídeo que traz um monte de pôneis cantando dentro de um motor de carro. Após o lançamento da campanha, a Nissan teve recorde de vendas de sua pick-up, comparando com o ano anterior (teve um aumento de 81% de vendas). A viralização da campanha se mostrou efetiva gerando vendas para a empresa e se tornando um marco na publicidade. Veja o vídeo desta campanha abaixo.


Ver Video


Outro exemplo que é bastante comentado é o comercial da Dove, marca de produtos de higiene pessoal, de 2013, que mostra um homem com cabelos compridos com um “super efeito” quando mencionado pelo seu chefe no escritório. O comercial é hilário, tendo viralizado na internet. Os números de visualização desse vídeo são impressionantes, até hoje tem gente vendo esse vídeo. Veja esse vídeo abaixo.


Ver Video


A necessidade de se entender que a viralização pode ser uma aliada a uma estratégia de comunicação é essencial para o(a) microempreendedor(a), principalmente em um mundo cada vez mais competitivo, onde há diversos conteúdos em dezenas de plataformas como temos hoje, onde a atenção das pessoas é o bem mais valioso.


Atrair seus clientes através das redes sociais, usando da força da viralização pode ser muito, muito positivo para você e seu micro negócio.


Conheça mais do Instituto Dom! Entre em contato conosco.


Visite e conheça nossas redes sociais! Acesse visite, curta, compartilhe...


Instagram

Facebook

YouTube

LinkedIn


Posts recentes

Ver tudo